PHP 7.1.0 Released

Serialização de Objetos - objetos em sessão

A função serialize() retorna uma string contendo uma representação byte-stream de qualquer valor que pode ser armazenado pelo PHP. A função unserialize() pode utilizar essa string para recriar os valores originais da variável. Utilizar a serialização para salvar um objeto, salvará todas as variáveis de um objeto. Os métodos de um objeto não serão salvos, apenas o nome da classe.

Para deserializar um objeto com a função unserialize(), a classe deste objeto precisar estar definida. Isto é, se possuir um objeto da classe A e serializá-lo, você obterá uma string que referencia a classe A e contêm todos os valores de variáveis contidas nele. Se deseja-se deserializar este em outro arquivo, um objeto da classe A, a definição da classe A deve estar presente neste arquivo. Isso pode ser feito, por exemplo, armazenando a definição da classe A em um arquivo, e incluí-lo, fazendo uso da função spl_autoload_register().

<?php
// classa.inc:

  
class {
      public 
$one 1;

      public function 
show_one() {
          echo 
$this->one;
      }
  }

// page1.php:

  
include("classa.inc");

  
$a = new A;
  
$s serialize($a);
  
// store $s somewhere where page2.php can find it.
  
file_put_contents('store'$s);

// page2.php:

  // this is needed for the unserialize to work properly.
  
include("classa.inc");

  
$s file_get_contents('store');
  
$a unserialize($s);

  
// now use the function show_one() of the $a object.
  
$a->show_one();
?>

Se uma aplicação estiver usando sessões e usar a função session_register() para registrar objetos, estes serão serializados automaticamente ao fim de cada página PHP, e serão deserializados automaticamente em cada uma das páginas seguintes. Isso significa que estes objetos podem aparecer em qualquer uma das páginas da aplicação, já que fazem parte da sessão. Entretanto, a função session_register() foi removida no PHP 5.4.0.

É fortemente recomendado que, quando uma aplicação serializa seus objetos, para uso posterior na aplicação, esta inclua a definição da classe do objeto em questão ao longo de toda aplicação. Não fazer isso pode resultar em objetos serem deserializados sem a definição da classe, que acarretará no PHP entregar um objeto da classe __PHP_Incomplete_Class_Name, que não possui métodos, tornando o objeto inútil.

Então, se, no exemplo anterior, $a se tornou parte da sessão ao executar session_register("a"), deve-se incluir o arquivo classa.inc em todas suas páginas, e não somente em page1.php e page2.php.

Além dos conselhos acima, note que pode-se capturar os eventos de serialização e deserialização de um objeto usando os métodos __sleep() e __wakeup(). Usar o método __sleep() também lhe permitirá serializar somente subconjuntos de propriedades de um objeto.

add a note add a note

User Contributed Notes 3 notes

up
130
php at lanar dot com dot au
7 years ago
Note that static members of an object are not serialized.
up
14
michael at smith-li dot com
1 year ago
Reading this page you'd be left with the impression that a class's `serialize` and `unserialize` methods are unrelated to the `serialize` and `unserialize` core functions; that only `__sleep` and `__unsleep` allow you to customize an object's serialization interface. But look at http://php.net/manual/en/class.serializable.php and you'll see that there is a more straightforward way to control how a user-defined object is serialized and unserialized.
up
-10
Harshwardhan (iamsmart9900 at gmail dot com)
1 year ago
class UnSerializer {

    public function __construct($filename_with_path) { /* Input the Filename  */
        $this->filename = $filename_with_path;
        if ($this->filename == true) {
            return true;
        } else {
            echo 'File Name Error';
        }
    }

    public function check_file_validity() {
        $this->validity = file_exists($this->filename);
        if ($this->validity == true) {
            return true;
        } else {
            echo 'File Not Found !';
        }
    }

    public function getting_file_content() {
        if ($this->validity == true) {
            $this->content = file_get_contents($this->filename);
            if ($this->content == true) {
                return true;
            } else {
                echo 'We Can\'t Reach to the Data';
            }
        } else {
            echo 'File Not Found !';
        }
    }

    public function get_unserial_data() {
        $this->check_file_validity();
        $this->getting_file_content();
        if (!is_null($this->content)) {
            $this->unserializedval = unserialize($this->content);
            if ($this->unserializedval == true) {
                return true;
            }
        } else {
            echo 'We Can\'t Reach to the Data';
        }
    }

    public function get_unserialized_value() {
        return $this->unserializedval;
    }

}

$object = new UnSerializer('example_directory/filename'); /* Enter file name */
$object->get_unserial_data();
var_dump($object->get_unserialized_value());
To Top